SUPLEMENTANDO O MAGNÉSIO


cloreto magnésioComo vimos no texto sobre vitamina D AQUI, todos estamos normalmente com deficiência deste mineral, visto que os solos que produzem  alimentos “esgotaram” sua disponibilidade ao longo dos anos.

Como ele participa diretamente como co-fator da vitamina D e atua diretamente também nas funções do cálcio, este mineral nos é tão importante quanto os primeiros, sendo responsável pelo correto funcionamento do sistema imunológico e demais sistemas, participando ativamente do metabolismo de todas as células.

No texto sobre a vitamina D postei um vídeo com as recomendações do Dr. Luiz Moura falando sobre este mineral. Muito interessante e esclarecedor. Vale a pena assistí-lo caso não tenha ainda feito.

.

DOSE PARA SUPLEMENTAÇÃO

A recomendação é mesmo usar cloreto de magnésio na forma “PA” (para análise). Dissolver uma colher de sopa cheia em 1,5 litros de água, e beber pela manhã e a noite. A quantidade para suplementar eu faço assim: tomei pela primeira vez um pouco mais de meio copo logo pela manhã e me soltou rapidamente o intestino, liquidificando as fezes. Não foi “diarreia” porque foi só uma vez.

Abaixei para um terço de copo no dia seguinte, e a liquefação permaneceu. No dia seguinte tomei 3 goles do líquido (deve dar uns 60 ml), e aí ficou bom. Essa é minha medida para a manhã: três goles ou 60 ml. Fezes “ok”. Pela noite, tomo mais dois “goles” (40 ml).

Mas percebi que o ideal mesmo, para mim, é sempre que possível tomar um golinho… 3, 4, 6, 8 vezes até no dia… magnésio é algo que me faz muito bem. Quanto mais tomo, mais me sinto bem, desde que seja pausadamente e em pequenas quantidades. Aliás está é uma tendência para suplementação… alguns suplementos parecem funcionar mesmo melhor quando ingeridos várias vezes durante o dia. Enxofre orgânico e o multimineral oriundo de água do mar são outros exemplos que veremos nos próximos passos do programa.

Mas existem outras formas de suplementar magnésio, como em cápsulas de óxido, citrato ou quelato de magnésio, sempre se diferenciando uma da outra, para o que nos interessa, pela eficiência da absorção que o mineral sofrerá no intestino. A melhor, de longe, é a que o Dr. Luiz Moura recomenda, em forma de cloreto de magnésio PA diluído em água potável.

Se desejar, creio que esse magnésio de código da Iherb CLF-02686 (você deve ir até o site da http://www.iHerb.com e digitar esse código na barra de busca do site para conhecer o produto. Infelizmente o o wordpress não permite que eu poste o link da iHerb aqui) seja um suplemento razoável para ser adquirido na iHerb. Posso até experimentá-lo um dia, mas acho difícil. Se comprar, não se esqueça de visitar a página da Corrente do Bem AQUI para saber como ganhar U$ 5,00 de desconto na sua primeira compra.

Eu uso o cloreto de magnésio tipo “PA”, que é vendido em várias lojas de produtos naturais e algumas drogarias no Brasil mesmo, além de pela internet, como nesse site AQUI. Observe com atenção o “PA” na embalagem. Se não tiver “PA” não compre, pois não é puro e vai por porcarias dentro do corpo. Esses sem “PA” são para banhos e escalda-pés, meios de obtenção de outros efeitos terapêuticos do magnésio, também muito bons.

Eu comprei essa semana nessa loja de São Paulo AQUI, Casa Americana, um pote com 500 gramas de cloreto de magnésio PA. Esta casa é uma distribuidora de produtos para laboratórios de análises clínicas, e fica na Rua Jaguaribe, 421, na rua de baixo do Hospital da Santa Casa em São Paulo, bairro de Santa Cecília.

R$ 25,00 o pote. Dura de 7 a 8 meses para uma pessoa. Fui pessoalmente retirar, mas creio que eles possam enviar pelo correio. É só ligar e perguntar, e por favor, digam que souberam deles aqui no blog Saúde&Sabedoria…. isso pode me ajudar a obter um descontinho depois quando for comprar lá….🙂 … também gosto de economizar.

.

PESSOAS QUE TEM PROBLEMAS RENAIS: IMPORTANTE

Se tiver um problema renal importante, algo que limite a capacidade dos seus rins funcionarem direito, você precisa conversar seriamente com seu médico para verificar a melhor forma de suplementar o magnésio em seu corpo, em termos de quantidade. A coisa certa a fazer é comprar o catalisador magnético e passar a ter seus rins limpos de coisas incrustadas neles, que são o que normalmente causam problemas. Veja texto AQUI sobre o catalisador.

O magnésio, como todo mineral quando em excesso deve ser excretado pela sua urina, devido ao filtro que as membranas especiais dos rins fazem com o sangue. Acontece que independente do seu rim estar ou não funcionando direito, você até para tratar dele precisa ter todos os minerais dentro do seu organismo à disposição das próprias células do rim, que é outra das ações do programa “Chegando aos 100” que deve ser visto com atenção.

Então a coisa mais burra e nociva que alguém pode escutar do seu médico é ele ao ser perguntado sobre a reposição do magnésio, venha a dar uma resposta do tipo “é melhor você não mexer com isso de repor magnésio… seus rins não estão bons e tal…”

Vocês que tem insuficiência renal devem compreender que sem os minerais que são necessários para sua saúde dentro de você, você vai morrer logo, mesmo que seus rins sejam a duras penas preservados até esse momento chegar, só para atender essa conversa esquisita do seu médico… só isso…. que tal?

O magnésio é responsável direta ou indiretamente, bem como a vitamina D, pelo correto funcionamento de todo o nosso corpo. Problemas com ele acarreta cânceres, doenças auto-imunes, doenças de pele, respiratórias, alergias e tudo o que nos assola. Precisa ser disponibilizado ao seu corpo e hoje tem de ser através de suplementação.

Se eu tivesse um rim só, ou tivesse uma deficiência séria em meus rins, eu faria duas coisas:

A primeira é iniciar a terapia com o catalisador magnético. Este catalisador tende a fazer com que todos os sistemas passem a operar de forma mais “fluída” no nosso corpo, em deslocamentos de substâncias dentro dos vasos sanguineos e meios líquidos dentro e fora das células.

A segunda coisa a fazer é começar a suplementação de forma um pouco diferente do que fazem aqueles que têm seus rins em ordem…. eu começaria com a mesma concentração proposta (33 gramas para 1,5 litros de água), mas daria apenas dois “golinhos” (25 ml -meia xícara de café) pela manhã e veria o que acontece na primeira semana com a urina e de forma geral.

Se estiver tudo bem, aumentaria para 40 ml (dois goles ou quase uma xícara de café e veria também por uma semana o que acontece. Estando tudo bem no geral, então tomaria mais dois goles a noite e observaria durante mais uma semana. Estando tudo bem aumentaria mais um gole pela manhã, e ficaria muito feliz em saber que estaria sendo dado um importante passo para a cura também desses problemas renais.

Caso piore alguma coisa com relação ao trato urinário ou com os rins (inchaço, dores), então faria a suplementação no nível anterior ao que resultou em problema. Escreva comentário aqui para vermos juntos seu caso.

.

SINTOMAS DE FALTA DE MAGNÉSIO

Quanto mais graves os sintomas visto na figura abaixo, mas vezes ao longo do dia se deve tomar “golinhos” de cloreto de magnésio…

Cloreto_magnésio_resolve

.

MEU TESTEMUNHO: 

Um testemunho: Meu avô teve câncer de pele. Meu pai tem todo um cuidado contínuo em ir a dermatologista para verificar a pele de seus braços, pois surgem muitas pintas escuras. Eu, já aos 40 anos me vi com muitas pintas no braço e dermatologista já começava a fazer exames atrás dos melanomas (câncer de pele).

Com a um ano atrás comecei a ter sempre que me expunha ao sol, uma coceira na pele do braço que ao coçar viravam feridinhas e soltavam um líquido branco. Coisa bem chata.

Aí conheci o cloreto de magnésio e passei a tomá-lo, e nem sabia bem o porque, pois fora indicado por um amigo que me dizia que tomava e fazia-lhe muito bem, sendo algo importante para o corpo. Comecei a tomar e a pesquisar do que se tratava e uma das coisas importantes que me aconteceu logo nos primeiros meses é que as manchas da minha pele começaram a sumir. Hoje meus braços e demais partes do corpo não tem mais “pintas” escuras, não tenho mais coceiras, além de observar que minha pele ficou mais firme e aparentando saúde… tudo está “ok”. Por também isso concluí a enorme eficácia desse mineral no meu organismo.

Outros benefícios bem perceptíveis foram a melhora da disposição e melhora da capacidade de concentração. Hoje concluo que muito mais coisas importantes estão positivamente acontecendo dentro do meu corpo por essa minha atitude sensata de suplementar esse e outros minerais. Não há o que pensar muito…

TEM DE SUPLEMENTAR!

.

boneco-com-megafone (1)Não guarde estas informações só para você… divulgue, pois alguém pode estar ou vai acabar sofrendo mesmo por causa de dores e doenças…. faça sua parte.

Ajudar outras pessoas é nossa obrigação.

Também se escrevam para receber novas postagens por e-mail na caixa lateral do blog. Seu corpo agradece.

E lembre-se de sempre procurar um médico que não abuse do uso de drogas para lhe orientar caso esteja doente. Este blog não tem por objetivo tratar doentes nem prescrever receitas de curas para ninguém. O carácter dos artigos é informativo.

21 responses to this post.

  1. Posted by Raquel on 23 de Maio de 2016 at 1:35

    Estou tomando desde novembro do ano passado. Eu sabia do Cloreto de Magnesio, mas havia esquecido. Quando me vieram as câimbras foi que eu lembrei. Eu me curei, em menos de uma semana, de um esporão, e sumiram as câimbras e também as dores musculares da menopausa. Aumentou a disposição e acabou a insônia. Minha mãe tomou CM diariamente por mais de 30 anos e tem uma saúde de ferro, com os seus 92 anos de idade. Ela não tem nenhuma doença e os seus exames de sangue são todos excelentes. Indico, vale a pena. Baratinho e surte efeitos magníficos no nosso organismo. Parabéns pelo post!

    Gostar

    Responder

  2. Posted by Claudia Maria on 1 de Março de 2016 at 10:51

    Há algumas semanas venho tomando o C M e minhas fezes tem sido bem escuras. É normal isso?

    Gostar

    Responder

    • Creio que sim Cláudia. Material que lhe fazia mal viu. Quando fiz limpeza de cólon foi a mesma coisa.
      Eu tomei um probiótico depois… creio ser importante. Abraço fraterno.

      Gostar

      Responder

  3. Curei um esporão no calcanhar direito e outros mais benefícios!!! sem palavras para tal descoberta..feliz e convencida de que ler e pesquisar ainda e o melhor caminho…

    Gostar

    Responder

  4. Estou estupefata com este sit, encontrei o que eu estava procurando.!!! Sensacional.!!!

    Gostar

    Responder

  5. Posted by Maria Souza on 20 de Outubro de 2014 at 1:11

    Funciona de verdade, eu tenho 58 anos, entrei na menopausa há 2 anos e comecei a passar por muitas dores em todo o corpo, principalmente articulações, era difícil subir escadas, caminhar, confesso que tive muito medo, li um artigo falando sobre o cloreto de magnésio e resolvi testar, nos primeiros três meses num vi nenhuma mudança, mas perseverei e os resultados começaram a aparecer lentamente e hoje posso dizer com certeza, é milagroso, eu não sinto mais nada, continuo tomando todos os dias.

    Gostar

    Responder

  6. Posted by Andre on 8 de Maio de 2014 at 17:07

    ola meu nome é André e tenho muitas dores no corpo; sempre fiz academia e ultimamente esta complicado não consegui progredir.
    Vi sobre a Matérias relacionadas ao Cloreto de Magnésio PA e estou disposto a tomar..
    Tenho dores no ciatico e nas costas direto .

    Resolve as dores mesmo ?

    Grande Abraço e desde já muito Obrigado

    Gostar

    Responder

    • Andre, bom dia… olha, dores após o treino de forma que incomode são sinais de que algo não vai bem no geral. Não dá para saber se cloreto de magnésio vai resolver, mas tem de tentar. No máximo vc suplementa esse importante mineral que provavelmente deva estar faltando em seu corpo.

      Agora, essas dores aí já é coisa para consultar um médico, e claro, médico anti-aging que saiba bioquímica, para ir atrás da(s) causa(s). Tem muita coisa que ser vista nestes casos, como problemas com micróbios, com ambiente celular do seu corpo (alcalinidade e condutibilidade), com metais pesados, com nutrientes…. enfim, tem de passar por um programa de saúde atualizado. Se quiser, indico médico capaz de atendê-lo em São Paulo, caso o magnésio não dê conta.

      Abraço.

      Gostar

      Responder

      • Posted by Isabel on 15 de Março de 2016 at 10:17

        Tenho problemas com dores corporais também . Nada melhora . Meu nível de magnésio no corpo está normal , segundo o exame de sangue pedido por um médico ortomolecular . Moro no Rio de Janeiro . Você pode me indicar um profissional anti-aging aqui também ? Por favor , me dê um retorno . É que essas dores se tornam incapacitantes Sou nova ,ainda . Tenho 60 anos . Todo mundo que faz academia sai renovado após os exercícios . Cansado , mas renovado . Eu saio precisando de cadeira de rodas , metaforicamente falando . Obrigada.

        Gostar

        Responder

        • Dna Isabel, boa tarde. Olha, creio que a senhora encontrará caminhos em que poderá se ver em bem melhor situação. A humildade transparecida nas palavras que escolheu na sua mensagem dizem isso. Pode me procurar no número de telefone da caixa lateral do blog. Podemos conversar um pouco. Fraterno abraço.

          Gostar

        • Posted by Jane on 8 de Abril de 2016 at 21:13

          Isabel, procure saber sobre a Vitamina D.

          Gostar

  7. Gostaria de saber a diferença entre cloreto de maginesio e enxofre organico. Obrigado

    Gostar

    Responder

  8. Posted by Elaine Adamov on 5 de Janeiro de 2014 at 19:01

    Gostaria de saber a diferença entre cloreto de magnésio e sulfato de magnésio – sal de Epsom; Se puderem me responder, agradeço. Elaine

    Gostar

    Responder

    • Olá Elaine. Olha, sua pergunta demorou para ser respondida porque fui pesquisar. Tinha um link que falava sobre a absorção das formas de se ingerir o magnésio, mas não sei o que aconteceu aqui que sumiu. Falei com meu médico a respeito e ele disse que o tamanho da molécula do sulfato é maior, e isto influencia na absorção no intestino. O cloreto tenderia a ser mais absorvido. Tem outras implicações pelo tipo de ligação iônica, mas ele disse que precisaria dar uma olhada… não conversei com ele ainda. Mas a diferença, segundo ele é mesmo a absorção.

      Também ele falou sobre diarreia… o sulfato pode ser um problema maior para a maioria, pois mais rapidamente a pessoa apresenta esse efeito. O cloreto até nos ajuda a saber quando estamos “bem” de magnésio, ao tomarmos o suficiente para não nos vermos com diarreia… o limite de cada um é dado pela quantidade que não provoca diarreia.

      Assim, e até mesmo pelo que já li em artigos médicos (esse que perdi) e pelo que ouvi de meu médico e de outros, melhor é tomar o cloreto de magnésio PA mesmo.

      Fraterno abraço.

      Gostar

      Responder

    • Posted by maria das graças Pereira Felisberto on 4 de Abril de 2016 at 11:53

      Faz duas semanas que estou tomando água com magnésio, apenas dois goles pela manhã e à noite, estou me sentindo bem melhor das dores de cabeça constantes que eu tinha. Recomendo!

      Gostar

      Responder

  9. Posted by Elaine Vanize Pessato on 23 de Dezembro de 2013 at 20:25

    Nunca usei, mas fiquei muito surpresa quando conheci os efeitos que faz. Tenho pressão alta e muitas dores pelo corpo. Espero em breve dar um ótimo depoimento, vou começar a usar agora. Obrigada pelas as informações.

    Gostar

    Responder

    • Elaine… sinceramente lhe dou o testemunho…. eu estava com seus sintomas e outros mais, e digo que com o magnésio, com a vitamina D, com o catalisador e parando de ingerir os venenos em quantidades absurdas que fazia, exatamente o que vc pode encontrar nos 4 primeiros passos do programa, eu lhe garanto que vc vai melhorar de tal forma que vai encontrar forças para não mais parar nessa espiral ascendente de busca de qualidade de vida e uma velhice saudável lá na frente…. pode acreditar! Apenas comece.

      Eu, de um gordo sedentário que não saía da mesa para estudar e desenvolver meus trabalhos, hoje estou fazendo academia todos os dias, perdendo gordura, ganhando músculos, usando complementos naturais de várias formas que só fazem bem para o corpo, comendo super bem, me sentindo cada vez melhor e mais forte, mais jovem, mais disposto, mais capaz de realizar os meus objetivos…. esse é o caminho…. melhorar a saúde, mantê-la num alto degrau para daí nos vermos realizando objetivos maiores.

      Fraterno abraço.

      Gostar

      Responder

  10. Posted by Teresinha Salete Adamshuk on 16 de Outubro de 2013 at 4:03

    Li quase todo o texto, está muito bem explicado, de maneira didática e fácil de entender (sobre a Vit.D e complementos), estou me informando agora sobre o assunto mais vinculado à Vit.K2 MK7 (conjuntamente com a Vit D) para minimizar desgastes na coluna e quadris e talvez evitar uma cirurgia na coluna já indicada.

    Gostar

    Responder

    • Posted by Teresinha Salete Adamshuk on 16 de Outubro de 2013 at 4:05

      Preciso também conseguir comprar a Vit K2 MK7 que não encontro em Curitiba e por importação poderá demorar bastante, gostaria de manipular. Já tomo Vit. D 3.000 Ui |dia.

      Gostar

      Responder

      • Olá Teresinha.
        Se estiver fazendo uso do catalisador encontrado AQUI não precisa de vitamina K complementar, pois o cálcio livre em maior quantidade no corpo não “incrusta”.

        Parabéns pelo seu interesse e determinação. Que vc continue sempre descobrindo verdades.

        Mas 3.000 para vitamina D acho pouco. Eu tomava 15.000 UI e estou passando para 20.000, só como prevenção. O Dr. Lair Ribeiro disse em sua aula de pós graduação que toma 25 mil por dia como prevenção, assim, definitivamente 3 mil é pouco. Vita K2 e MK7 vc encontra fácil em farmácia de manipulação ou pela iHerb indicada lá na Corrente do Bem.

        Fraterno abraço.

        Gostar

        Responder

Compartilhar experiências e informações com motivo sincero de ajudar ao próximo é um dom...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: